Contato

Fluxo financeiro: fator de competitividade na produção de leite?

Vou iniciar esse artigo fazendo uma pergunta aos leitores: vocês conseguem imaginar quanto do capital do laticínio pode estar travado em operações financeiras com produtores hoje? 

Sem sombra de dúvidas e – ao longo da trajetória da RúmiCash – notamos que há uma demanda financeira por parte do produtor de leite que muitas vezes é absorvida pelo próprio laticínio. Este, se desdobra para auxiliar os seus fornecedores de matéria-prima oferecendo um adiantamento aqui ou alguma outra condição ali. Mas o “produtor vizinho” fica sabendo da novidade, também se interessa e de maneira não intencional, faz surgir um gargalo. Podemos dizer que é até um “problema de relacionamento”, afinal, não é sempre que a indústria conseguirá ofertar a mesma condição para todos. 

Após toda essa elucidação e enquanto você pensa na resposta da questão que provocamos logo no início, gostaria de antecipar que esses pontos apresentados foram fator chave para a idealização da RúmiCash. É o que motivou a Rúmina a pensar em algo que realmente beneficiasse os principais agentes da cadeia láctea brasileira e não só acho, mas tenho certeza, que deu muito certo! Quer ver? 

Então vamos para a segunda pergunta: na sua opinião, atualmente, qual é a demanda do produtor de leite por crédito rápido e desburocratizado? Já adianto que a maioria das pessoas erra essa resposta, inclusive os laticínios, esses, que acreditam que essa demanda é ínfima e que o pecuarista já é atendido pelas linhas de crédito tradicionais. Sim, estas últimas ainda são bastante acessadas, porém, exigem burocracias e o que oferecem normalmente não é suficiente na grande maioria das vezes. 

Vamos aos dados? Contra eles, não há argumentos. Atualmente, cerca de 15% dos produtores da base de um laticínio parceiro da RúmiCash solicitam crédito nos primeiros 60 dias. Já em parcerias mais maduras, essa porcentagem chega a 30%! Tem mais alguma dúvida de que essa demanda ainda é muito represada, real e latente? A grande parcela de pessoas – quando questionados sobre essas % – não “chutam” mais que 10% de adesão. Notaram o equívoco? 

Mas quais são as vantagens desse crédito ou adiantamento aos produtores? São inúmeros, mas, normalmente, facilitam o fechamento de bons negócios como por exemplo: 

  • promoções de lojas agropecuárias de um produto usual no dia a dia da fazenda;
  • compra de animais à vista; 
  • reparo de máquinas agrícolas em momentos cruciais como a época de produção de silagem;
  • entre inúmeros outros. 

Todos nós sabemos que trabalhar com agronegócio é ter uma indústria a céu aberto e é sempre válido ter um braço direito a mais para enfrentar com tranquilidade os imprevistos. 

Cases de sucesso 

Nada como exemplos e números para tornar a leitura mais dinâmica e de acordo com a realidade do que vivemos no cotidiano. 

Em um laticínio parceiro cuja opção foi por não utilizar mais o seu capital próprio e no qual a ferramenta já é explorada a cerca de um ano, a RúmiCash absorveu todas as demandas e as operações ocorreram entre os mais variados âmbitos. Repare o quão democrática é a solução e uma pequena observação: se ela fosse complexa, provavelmente os pequenos produtores não embarcariam junto. 

Foram mais de R$ 10 milhões entre crédito e adiantamento, mais de 500 solicitações, um ticket médio de R$ 25 mil em crédito e R$ 12 mil em adiantamento. Querem outro dado interessante? Nesse caso em questão, mais de 30% da base já foi atendida, sendo que mais de 22% dos produtores tomaram crédito por mais de uma vez

Isso demonstra que eles aprenderam a usar o crédito com propósito e de maneira estratégica, como por exemplo, optar pela compra de grãos em uma época favorável quando as previsões futuras apontam pela alta valorização dos mesmos. Sim, com acesso ao crédito, o produtor não perderá dinheiro, pelo contrário, ganhará, afinal, concretizará bons negócios e fará compras estruturadas. 

Em um segundo cenário de uma parceria firmada recentemente com um outro laticínio que não realizava operações com o seu capital próprio mas era procurado pelos produtores para isso, em três meses de RúmiCash, já foram mais de R$ 3 milhões entre crédito e adiantamento. Além disso, foram realizadas mais de 160 solicitações (inclusive, recorde de volume movimentado por um laticínio no mês de fevereiro) e trâmites constantes ocorrendo a todo vapor no WhatsApp. 

Já que citei o WhatsApp, a RúmiCash promove aos seus usuários uma experiência simples, intuitiva e 100% realizada pelo WhatsApp, desde o contato inicial, a assinatura digital do contrato e o envio dos recursos em até 24 horas úteis. É importante destacar que o desconto mensal das parcelas ocorre na folha do leite e sendo assim, o produtor não precisa lembrar de pagar mais um boleto todos os meses, o que facilita ainda mais o processo. E o mais legal de tudo que volto a repetir: de maneira democrática. 

Outro diferencial: o produtor, em todas as trocas pelo WhatsApp não conversa com um robô, mas sim, com um ser humano, fato que facilita a elucidação de dúvidas e outras questões com agilidade e personalização. 

E o que mais eu gostaria de demonstrar para vocês, leitores, com tudo isso? Que todos os dias chega para nós uma nova demanda por crédito, que a aderência dos usuários é imensa e que – por meio da parceria com a RúmiCash – o laticínio consegue focar em outras funções intrínsecas para o seu desenvolvimento. Agora, vem cá. Respondi ou não a pergunta inicial proposta? Acredito que sim! 😉 

E para finalizar, é válido acrescentar que esse assunto foi abordado na minha palestra na 14ª edição do Fórum MilkPoint Mercado que ocorreu no dia 22 de março em Campinas/SP. 🥛 Até a próxima e conte com a RúmiCash como uma forte aliada! 

Autor do artigo: Leonardo Araújo, Gerente de B2B da Rúmina S.A – RúmiCash

 Sobre a Rúmina 

A Rúmina é uma empresa de soluções inovadoras para a pecuária no Brasil e América Latina, com foco em apoiar os produtores de hoje a se tornarem os produtores do futuro: mais produtivos e sustentáveis. Por meio de tecnologia, transforma dados das fazendas em uma experiência digital inteligente, que apoia o produtor e empodera a cadeia a tomar decisões mais seguras dentro do negócio.

Engloba as marcas Ideagri, líder em sistema de suporte à tomada de decisão para pecuária de leite; OnFarm, solução digital que ajuda na saúde do úbere; RúmiCorte, solução de tomada de decisão para pecuária de corte; RúmiCash, fintech voltada à cadeia do leite; RúmiEduca, programa de educação contínua; Rúmina Insights, plataforma de inteligência de dados; RúmiTank, tecnologia com base em sensores para monitoramento em tempo real do funcionamento do tanque de leite e o RúmiScore, o maior benchmarking de produtividade e sustentabilidade da pecuária de leite do Brasil.

Mais informações: www.rumina.com.br

Procure por conteúdos específicos:

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors