Contato

Na pecuária de leite, o que se quer melhorar tem que se medir

A pecuária de leite é uma atividade que requer grande energia: de madrugada a madrugada, 365 dias por ano, sem domingos ou feriados. É também uma atividade em que cada detalhe pode fazer uma grande diferença na lucratividade da operação, em um segmento no qual as margens se medem em centavos. Essa combinação entre intensidade e atenção requer dos pecuaristas de leite uma gestão bastante cuidadosa de suas fazendas.

Identificar pontos que necessitem de atenção e atuar no sentido de aprimorar a eficiência produtiva, reprodutiva, sanitária e, por conseguinte, econômica na atividade leiteira é o que leva produtores e técnicos a adotar uma gestão moderna, com base em números e indicadores com o objetivo de alcançar índices de produtividade fundamentais para a viabilidade do sistema de produção.

A escala da produção pode ser vantajosa, especialmente no Brasil, onde enfrentamos grandes desafios logísticos, mas seja grande, médio ou pequeno, desde que haja competência na gestão da fazenda, é possível que a produção seja eficiente e, por conseguinte, se obtenha melhor rentabilidade.

Observando os dados da 7ª edição do IILB (Índice Ideagri do Leite Brasileiro), que avaliou o período de julho/2019 a junho/2020, a nota média geral, dos 1.002 rebanhos foi de 4,31 em 10,00 pontos possíveis. O Top 10% IILB (10% dos rebanhos mais bem pontuados) obteve a nota média de 7,02. Ainda que a nota obtida no IILB 7 tenha sido a mais alta desde a primeira edição, a oportunidade para evolução permanece clara. Quando observamos a diferença entre os mais eficientes e a média geral temos 2,71 pontos, ou seja, os Top 10% IILB são 63% mais eficientes do que a média nacional.

Em comparação com o IILB 3, que avaliou os mesmos meses do ano anterior (julho/2018 a junho/2019), houve uma leve melhora na nota geral. No gráfico 1, é possível avaliar a evolução das notas médias gerais, bem como a quantidade de rebanhos avaliados em todas as edições. Em linhas gerais, o desempenho tem melhorado suavemente ao longo das edições, com pequenas variações tanto nas médias gerais como nos Top 10% IILB.

Para planejar e gerenciar a produção de leite, o produtor precisa ter a capacidade de gerar e analisar dados e agir corretivamente, buscando, em cada detalhe, as melhorias necessárias para a garantia da lucratividade. Na pecuária, tudo o que pode ser medido pode ser melhorado.

Gráfico 1

O boletim IILB 7, completo com tabelas, pode ser acessado pelo site www.iilb.com.br.


IILB

Assista ao vídeo sobre o Índice IDEAGRI do Leite Brasileiro (IILB) que vem mudando a forma como toda a cadeia produtiva no Brasil promove a avaliação do desempenho do setor. No vídeo, confira informações sobre a abrangência, metodologia e saiba como acessar as informações.  

https://youtube.com/watch?v=qAI87ES9VhE%3Frel%3D0

Procure por conteúdos específicos:

Quer receber mais conteúdos para evoluir sua gestão de corte? Cadastre-se abaixo.

Ao se cadastrar declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização das minhas informações pela Bovitech

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors