Contato

Sistemas digitais e o seu impacto na gestão das fazendas leiteiras

Gestão vem do termo em latim gestione, e configura o ato de administrar ou de gerir recursos, pessoas ou qualquer objeto que possa ser administrado com alguma finalidade: seja em benefício próprio ou de uma entidade. 

Para que um negócio prospere e obtenha sucesso não basta apenas produzir itens ou alimentos de qualidade, pois também é importante atuar com gestão adequada para o auxílio na direção correta da atividade. Além de decidir que caminho seguir, é crucial a tomada das melhores decisões, prevenção de riscos e foco na produtividade e lucratividade. 

Gestão das fazendas leiteiras: ponto-chave para alavancar o sucesso do negócio

Abordando o tema leite, o sucesso da atividade não está só associado ao tamanho da propriedade ou volume de produção. Embora estes aspectos influenciem nos resultados, o mais importante é como a propriedade é conduzida. Ter como base problemas anteriores para que ocorra a identificação de possíveis melhorias e a elaboração de um plano para superar gargalos é um exemplo de como a gestão pode ajudar o negócio

Como regra, pode-se afirmar que o caminho para viabilizar a atividade no campo é a qualidade gerencial, ainda, considerada o “calcanhar de Aquiles” em muitas fazendas. Com ela, o empreendimento se profissionaliza, moderniza e começa a ser encarado como empresa de fato, buscando obter conhecimentos acerca dos mercados em que opera e procurando estreitar seus relacionamentos. 

O processo de gerenciamento demanda tempo, energia, esforço e novas competências por parte dos envolvidos, como colaboradores, proprietários e prestadores de serviço. É interessante que eles estejam alinhados em busca de um bem comum: a gestão como ferramenta na busca de resultados. 


Mas como a tecnologia participa disso?

Não é novidade que aonda digital avança a passos largos no agronegócio e impacta toda a cadeia produtiva de leite no Brasil. Nas fazendas, a possibilidade de que a gestão chegue a outro patamar embasada em tecnologia já é realidade. Se compararmos a atividade agora e há dez anos, visualizaremos outro cenário. As opções disponíveis trouxeram soluções “cirúrgicas” para vários conflitos. 

Foi por meio de inovadores sistemas de gestão que as fazendas foram elevadas a um outro patamar e a equipe passou a ter a possibilidade de gerenciar a  propriedade de um único lugar de maneira simples, porém completa. 

É interessante pontuar que para que qualquer inovação atinja o esperado, o pessoal que fará a operação precisa estar ciente das melhorias que elas acarretarão no cenário como um todo. Antes de mais nada, o grupo precisa estar seguro, ter domínio e se sentir  à vontade com a técnica. O treinamento da equipe é fundamental nesse panorama todo. 

Escolha da tecnologia e o correto uso dos dados 

Para a escolha de um software – como por exemplo, é necessário antes de tudo entender quais são as demandas da fazenda de leite para não perder o foco e direcionar os passos em prol dos principais objetivos. Também, não é coerente o levantamento e registro de um extenso volume de dados sem o tratamento adequado e uso estratégico dos mesmos. 

Na rotina no campo são diversos os indicadores que devem ser acompanhados e trabalhados. Eles vão desde a compra dos insumos, acompanhamento zootécnico e planejamento financeiro e econômico. 

Foi para facilitar esse processo que o mercado passou a oferecer opções bastante acessíveis para facilitar todas essas operações. Vale destacar que a base desses sistemas tecnológicos é construída normalmente por meio dos próprios dados da fazenda e que – de maneira ágil e eficaz – pode ajudar a identificar o retrato atual da leiteria e fazer uma leitura do que mais necessita de atenção no momento. 

E é  através da era tecnológica que hoje já é possível: 

– saber quais são os melhores tratamentos e como controlar determinadas doenças no rebanho, como a mastite;

– quais são os sêmens que proporcionam as maiores taxas de concepção;

– até quando o investimento em ração está sendo convertido em produção de leite

– eliminar erros oriundos de lançamentos feitos à mão; 

– ter acesso a aplicativos para uso no campo;

– realizar backups na nuvem com segurança de dados;

– entre outros. 

Como se percebe, o mundo digital é um facilitador para diversas situações e um divisor de águas na agropecuária. No campo, cabe a cada propriedade encontrar a tecnologia que mais otimizará as tarefas no seu dia a dia. Vale se arriscar – sem medo e preconceitos – nesse novo mundo, já que é um caminho sem volta.

Sobre a Ideagri

O sistema Ideagri é o mais completo sistema para pecuária de leite do mercado e oferece administração de todas as áreas da sua fazenda, seja para informações zootécnicas dos seus animais, como também para a administração financeira. Para testar o sistema Ideagri grátis por 10 dias, clique no botão abaixo:

Procure por conteúdos específicos:

Quer receber mais conteúdos para evoluir sua gestão de corte? Cadastre-se abaixo.

Ao se cadastrar declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização das minhas informações pela Bovitech

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors